quarta-feira, 2 de maio de 2012

Foi se o dia

Foi se o dia que seria bom dia
Foi se a noite que seria boa noite

Hoje temos dias com noites
Lua ao meio dia
Sol a meia noite

Dias distantes
Palavras distantes

Mas como se faltasse o ar
Como o sertão tivesse o mar

Você chega assim
Perto de mim
E os dias parecem sem fim

Hoje sempre foi um dia comum
E por você deixou de ser
Que seja sempre assim
Até o fim.....

terça-feira, 27 de março de 2012

Irmão

Não existe poesia pra irmão
Não existe dia pra irmão
Não existe palavras pra irmão

irmão não combina com solidão
irmão combina com coração
irmão combina com mão

Mão que afaga
Mão que se extende
Mão que repreende
Mão que não mata

irmão que é pra sempre
irmão que não se escolhe

irmão palavra que combina
irmão palavra que não se explica

irmão é a palavra mais importante depois de pai e mãe
e Mãe não tem rima.......

quarta-feira, 14 de março de 2012

Solidão

NA SOLIDÃO DO MEU QUARTO É QUANDO TE VEJO
NA SOLIDÃO DO MEU QUARTO É QUANDO TE DESEJO

NA SOLIDÃO DO MEU QUARTO É QUANDO TE SINTO
NA SOLIDÃO DO MEU QUARTO É QUANDO IMAGINO
NA SOLIDÃO DO MEU QUARTO É QUANDO VIVO
NA SOLIDÃO DO MEU QUARTO É QUANDO ME HABITO

NA SOLIDÃO DO MEU QUARTO É QUANDO TE VEJO
NA SOLIDÃO DO MEU QUARTO É QUANDO TE DESEJO

NA SOLIDÃO DO MEU QUARTO É QUANDO ME COMPLETO
NA SOLIDÃO DO MEU QUARTO É QUANDO ME ENCONTRO
NA SOLIDÃO DO MEU QUARTO É QUANDO MEU PENSAMENTO VOA

NA SOLIDÃO DO MEU QUARTO É QUANDO EU SOU MAIS EU...

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Saudades


Saudades do que sou
Saudades do que vivi
Saudades do que senti
Saudades do que o tempo me levou
Saudades do que não tive
Saudades do que ainda vou ter
Saudades de ser
Saudades que me consomem
Saudades dos sonhos
Saudades do sorriso
Saudades das lagrimas
Saudades do abraço
Saudades das palavras
Saudades, saudades, saudades...

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Olhos

Olhos da cidade
Olhos que não veem
Olhos que não creem
Olhos que não falam
Olhos que não se calam

Olhos que me seguem
Olhos que me ensinam
Olhos que me guiam

Olhos da cidade
Olhos que não tem idade
olhos que não tem cor
Olhos que não veem dor

Olhos que habitam
Olhos que imitam
Olhos que avisam
Olhos que iluminam

Olhos da cidade
Olhos meus, seus, nossos
Olhos da cidade...

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Caminhos

Muitas vezes mudamos os nossos caminhos e não sabemos aonde nos levarão. 
A cada mudança um novo fim é escrito e assim nossas vidas são construídas.
As escolhas que fazemos nos trazem dor e felicidade, o tempo marca nossa alma e cria o nosso espírito. 
As idas e vindas de nossas vidas produzem sensações inexplicáveis, sentimentos fortes.
A lagrima da partida, o sorriso da chegada, os encontros e os desencontros vão marcando o nosso caminho...
Eu vou, eu volto minha alma enlouquece em busca de um destino, do meu destino.
As imagens gravadas em meu pensamento me entorpecem por um tempo e preciso sempre voltar para que possa renovar minhas imagens, seu sorriso, seu rosto, seu beijo, seu abraço...faço a minha vida por você, pra você.
A minha vida é uma eterna busca, em busca da vida, da felicidade, do amor , a busca de ser...
Nem sempre encontramos o que buscamos, mas tenho me encontrado cada vez mais em mim mesmo...

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

O que posso agora

É o que posso agora
Sem hora
Por todo tempo
Ao vento
Lento
Invento
O momento
Tento
Tempo
Meu
Seu
Nosso
Sem fim
Por um instante
Marcante
Seu sorriso assim
Feito pra mim
Longe do fim
É só o começo
Seu apreço
Não sei se mereço
Você assim feita pra mim
É claro que to afim
Fica não...
Você me deu inspiração
No momento de escuridão
Você me tirou da solidão
Sua companhia me faz bem
Mesmo que fique sem
Esse instante é maior que tudo
No meu mundo
Quase mudo....

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Errando

Os homens erram e não se cansam de continuar errando ..
A dor dos meus erros me fazem aprender
A querer mudar ...
Seguir adiante nós precisamos, pois estamos evoluindo
Quem não quer mudar mesmo que seja em vão acaba com seu destino..
Sou assim meio homem meio menino
sou amante da vida e das coisas boas dela...
Meus pensamentos vagueiam pelas noites iluminadas pela lua...
Caminho sozinho pela rua
Meio sem alma mas tenho calma
Não sou sem destino
Sou apenas um menino
Que seu amor faz crescer...
Sou cheio de esperança
Quem acredita nela sempre alcança
Pois quando nela eu não mais crer
Eu começarei a morrer...

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Você se foi

Você se foi e não voltou
Fiquei te esperando
o dia raiou
E o sol brilhou
Achei que você estaria aqui
Longe de mim
Assim que me senti
Seu sorriso imaginei
Seu carinho sonhei
De olhos abertos
Quase certos
Os caminhos se encontram
As flores despontam
Sonhando acordado
Caminhando ao seu lado
Estrada sem fim
Longe de mim
Esperança no peito
Você com seu jeito...
Do carinho uma canção
O amor no coração
Espero te ver
Só pra tocar em você
E nunca mais te esquecer...